BRASIL

Voltar

Heterossexuais 'não têm mais direito nenhum' no Brasil, diz ministro do STJ

- 05 de Dezembro por FOLHAPRESS

FOLHAPRESS - O ministro João Otávio de Noronha (Foto), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), disse, nesta segunda-feira (4), em tom de brincadeira, que os heterossexuais "não têm mais direito nenhum" e estão virando minoria no Brasil. Antes de proferir essa frase, o magistrado havia afirmado que o "juiz constitucional não pode ser pautado pelas minorias só". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Noronha, que é responsável pela Corregedoria Nacional de Justiça, também fez um alerta para os solteiros. Segundo o juiz, quem está nessa condição deve ter cuidado na hora de começar um namoro, pois a pessoa pode gerar vínculo jurídico não desejado, fazendo referência aos direitos de pessoas em união estável.

Por meio de nota, o ministro afirmou que fez uma brincadeira durante a palestra, ressaltando que foi o primeiro juiz a reconhecer a união homoafetiva e que respeita e sempre respeitou os direitos das minorias.

Os comentários do juiz foram feitos em evento no STJ que debateu as consequências do ativismo e a independência do juiz. O palestrante do encontro entre magistrados foi o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Antonio Saldanha Palheiro.

Na palestra, Palheiro afirmou que o ativismo judicial sem parâmetros gera um cenário de insegurança jurídica, pois, "em alguns casos, há causas sobre o mesmo tema, no mesmo estado da federação, sendo julgados de maneiras distintas, a depender da vara que as analisa".

A discussão no evento ficou centralizada no fortalecimento do Poder Judiciário. A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, a presidente do STJ, ministra Laurita Vaz, e o ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes também participaram do evento.

 

mais populares
edição online
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
- 14 de Dezembro - ESPORTES

Flamengo empata com o Independiente e perde a final da Sul-Americana

As semelhanças com o ano de 1995 duraram até o último jogo da temporada. Elenco milionário, cobrança intensa por um título de expressão e uma...


- 12 de Dezembro - INTERNACIONAL

Igreja Universal acusa emissora portuguesa de fazer campanha difamatória

A Igreja Universal do Reino de Deus se posicionou oficialmente sobre a reportagem elaborada pela emissora portuguesa TVI que acusa o grupo religioso...


- 11 de Dezembro - EUA

Akayed Ullah, de 27 anos, é identificado como autor do atentado de Nova York

O suposto responsável pelo atentado terrorista cometido nesta segunda-feira (11) em Nova York foi identificado como Akayed Ullah, de 27 anos,...


Guia Comercial

Os melhores negócios e empresas você só encontra aqui.

SAIBA MAIS
Anuncie grátis aqui !