Home Bizarro Direção perigosa – homem ‘quase perde um pedaço do pênis’ ao bater carro enquanto recebia sexo oral (SWD)
Bizarro - Mundo - Novo Normal - 06/15/2022

Direção perigosa – homem ‘quase perde um pedaço do pênis’ ao bater carro enquanto recebia sexo oral (SWD)

Aparentemente, fazer sexo ao dirigir (SWD) é muito comum no Estados Unidos

Da redação – Um homem que dirigia um SUV enquanto recebia sexo oral de uma mulher bateu o carro em uma van do FedEx — empresa de entregas norte-americana.
O acidente ocorreu nesta sexta-feira (4/6), na cidade de Fort Lauderdale, na Flórida, nos Estados Unidos, e virou notícias pelas circunstâncias inusitadas.

De acordo com o jornal Local10 — afiliado da emissora ABC —, os policiais encontraram o casal sem roupas após o acidente. O motorista teve ferimentos na região do pênis e, segundo os agentes, “quase perdeu” o membro.

Dentro da van atingida pelo SUV também havia duas pessoas, que não se machucaram gravemente. Nenhum dos quatro sofre risco de vida.

Aparentemente, fazer sexo ao dirigir (SWD) é muito comum no Estados Unidos

Pesquisadores do Universidade de Dakota do Sul que estudaram “atividade sexual como uma distração para jovens motoristas” e descobriram que dos 195 homens e 511 mulheres respondentes, 64 homens e 47 mulheres haviam feito algum tipo de sexo enquanto dirigiam. O sexo oral permaneceu a escolha mais popular, seguido de toque genital, masturbação e sexo vaginal.

Cerca da metade dos indivíduos que admitiram fazer sexo ao volante, disseram que a velocidade normal  para fazer sexo varia entre 100-130 km/h durante o ato sexual e mais de um terço disseram que eles estavam em excesso de velocidade ou derraparam o carro ou invadiram a pista quando atingiram o orgasmo e menos de 2% relataram alg7un tipo de incidente. Ou seja, fazer sexo ao volante não parece ser boa ideia.

Leia também

Senadora Kyrsten Sinema (Dem-AZ) deixará o Partido Democrata para se registrar como independente

JSNEWS – A senadora pelo estado do Arizona, Kyrsten Sinema (Democrata) disse, nessa …