Home Biden Donald Trump processa CNN por difamação e exige US$ 475 milhões em reparações
Biden - Mundo - Novo Normal - Política - 10/04/2022

Donald Trump processa CNN por difamação e exige US$ 475 milhões em reparações

Trump afirma que a CNN usou "A Grande Mentira" para se referir a ele mais de 7.700 vezes desde janeiro de 2021, além de retratá-lo, de acordo com denuncia, "com conotações nazistas"

JSNEWS O ex-presidente Donald Trump entrou com uma ação judicial contra a CNN, pedindo US$ 475 milhões em indenizações, acusando-os de calúnia e difamação com o objetivo de manchar sua participação nas eleições presidenciais de 2024.

Na denúncia apresentada em um tribunal em Fort Lauderdale (Flórida), Trump aponta que, sendo a CNN uma das principais redes de televisão dos Estados Unidos, “ele tentou usar sua enorme influência como uma fonte ‘confiável’ de informação para difamar o denunciante diante de seus espectadores com o propósito de derrotá-lo politicamente”.

Ao longo de seu mandato, o ex-presidente manteve uma relação muito ruim com outros meios de comunicação, que ele os nomeou de criadores de notícias falsas.

Trump diz que a CNN realizou uma “campanha de difamação” contra ele e também afirma que o canal tem usado qualificações para se referir a ele como “lacaio dos russos”, “insurrecionista” e “racista“.

Além disso, Trump também afirma que a CNN usou “A Grande Mentira” para se referir a ele mais de 7.700 vezes desde janeiro de 2021, além de retratá-lo, de acordo com denuncia, “com conotações nazistas”. Até agora, a CNN não comentou o processo de Trump.

Além de ir contra a CNN, o ex-presidente ameaça processar outros meios de comunicação que, supostamente, também estariam tentando sabotá-lo. Ele disse que tomará “medidas correspondentes” contra o comitê da Câmara que investiga o ataque de 6 de janeiro ao Capitólio por seus partidários.

Este fato nos lembra de um outro processo anterior em que ele acusou sua rival na eleição de 2016, Hillary Clinton, e dezenas de outros de conspirar contra ele com supostas falsas alegações sobre a Rússia, que foi rejeitada por um juiz da Flórida no mês passado.

Leia também

Senadora Kyrsten Sinema (Dem-AZ) deixará o Partido Democrata para se registrar como independente

JSNEWS – A senadora pelo estado do Arizona, Kyrsten Sinema (Democrata) disse, nessa …