Home EUA Eleitores da Geórgia definem senador em disputa importante para Biden
EUA - Internacional - Mundo - Política - 12/06/2022

Eleitores da Geórgia definem senador em disputa importante para Biden

O senador democrata Raphael Warnock enfrenta um candidato apoiado pelo ex-presidente republicano Donald Trump (2017-2021), o ex-atleta Herschel Walker.

AFP – Os eleitores da Geórgia comparecem às urnas nesta terça-feira (6) para definir uma cadeira do Senado entre um pastor e um ex-astro do futebol americano, em uma eleição muito importante para o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

O senador democrata Raphael Warnock enfrenta um candidato apoiado pelo ex-presidente republicano Donald Trump (2017-2021), o ex-atleta Herschel Walker.

O segundo turno para o Senado no estado do sul dos Estados Unidos foi convocado porque nenhum candidato obteve mais de 50% dos votos nas eleições de meio de mandato de novembro.

E a disputa é acirrada. As poucas pesquisas divulgadas mostram um empate técnico entre os dois candidatos afro-americanos. A divulgação dos resultados oficiais pode demorar dias.

O presidente Biden afirmou na segunda-feira que a votação é “crítica” e fez um apelo para que os eleitores da Geórgia compareçam às urnas.

O equilíbrio no Congresso não depende desta cadeira, pois os democratas já asseguraram o controle do Senado, enquanto os republicanos conquistaram a maioria na Câmara de Representantes.

Mas o resultado da votação no estado com grande população afro-americana é decisivo para o restante do mandato de Joe Biden.

Os republicanos consideram esta disputa uma oportunidade de aumentar sua força e bloquear as políticas do governo democrata.

A 700 dias das eleições presidenciais de 2024, a oposição espera criar obstáculos para Joe Biden, depois que os democratas conseguiram resultados muito melhores que o esperado nas ‘midterms’ de novembro.

Para o Partido Democrata, uma vitória consolidaria a estreita maioria no Senado (atualmente em 50-49, e mesmo com o 50-50 os democratas têm maioria graças à vice-presidente Kamala Harris, que atua como presidente do Senado) e permitiria uma influência maior nos principais comitês do Congresso.

Também limitaria consideravelmente a influência de um senador democrata moderado, Joe Manchin, que já bloqueou vários projetos importantes da administração Biden.

Para aumentar as chances de vitória, os democratas usaram todos os trunfos, incluindo o ex-presidente Barack Obama (2009-2017), possivelmente uma das figuras mais carismáticas do partido, que fez campanha na cidade de Atlanta na semana passada.

O interesse pela disputa é comprovado pelo custo das campanhas, que se aproxima de 400 milhões de dólares.

Quase 1,9 milhão de eleitores, de sete milhões registrados, votaram de maneira antecipada. Até o momento parece prevalecer a participação dos democratas, mas o eleitorado republicano pode conseguir uma grande mobilização nesta terça-feira, o que dificulta uma previsão do resultado.

– Atípicos –
Embora geralmente seja um reduto republicano, a Geórgia surpreendeu ao dar a vitória a Joe Biden sobre Donald Trump nas eleições presidenciais de 2020. E dois meses depois, escolheu dois democratas para o Senado.

Agora, o estado que faz limite com a Flórida volta a ser objeto de desejo. Desta vez, o perfil atípico dos candidatos é destacado.

Com vários recordes esportivos no currículo, o republicano Herschel Walker, considerado um dos melhores jogadores na história do futebol americano universitário, é um novato na política, aos 60 anos.

Ele deseja retirar a cadeira de Raphael Warnock, que antes de assumir o posto de senador era pastor na Igreja Batista de Atlanta em que pregava o líder afro-americano dos direitos civis Martin Luther King.

A campanha do candidato republicano antiabortista e pró-Trump foi marcada por vários escândalos. Apesar do discurso contra a interrupção da gravidez, ele foi acusado pagar pelos abortos de várias ex-namoradas.

Leia também

Quase mil crianças imigrantes seguem separadas dos pais nos Estados Unidos

AFP – Um total de 998 crianças imigrantes separadas de suas famílias durante o manda…