Home Cultura Empresário de Massachusetts está doando US$ 1 milhão por semana para organizações sem fins lucrativos
Cultura - Local - Mundo - Novo Normal - 10/11/2022

Empresário de Massachusetts está doando US$ 1 milhão por semana para organizações sem fins lucrativos

O objetivo é que até o fim de 2022 sejam doados US$ 52 milhões para, ao menos, 52 grupos. O The Patriot Ledger salienta que os valores são destinados a organizações de violência doméstica, câncer infantil, cuidados paliativos, entre outros.

Da redação – Não é de hoje que o bilionário Rob Hale contribui para organizações sem fins lucrativos. Segundo a Forbes, o cofundador e presidente da Granite Telecommunications – empresa de comunicações sediada em Quincy, Massachusetts – tem uma fortuna estimada em US$ 5 bilhões e ao longo de todo 2022, o empresário e sua esposa, Karen, doaram (e ainda vão doar) US$ 1 milhão por semana para organizações comprometidas em fazer o bem.

Empreendedor e visionário, Rob, além de liderar o crescimento e desenvolvimento dos negócios e da equipe da Granite, é conhecido pelo seu trabalho filantrópico, ao lado de sua família. O envolvimento com as causas sociais lhe rendeu condecorações e homenagens ao longo dos anos.

De acordo com seu perfil no LinkedIn, ele foi premiado no Boston Red Sox Jimmy Fund Award em 2014, por seu compromisso de salvar vidas e, em 2017, ao lado de Karen, foi lembrado pela Breast Cancer Research Foundation com o Prêmio Humanitário Inaugural Carolyn Lynch.

Os reconhecimentos do homem considerado o segundo empresário mais rico de Boston pela Forbes não para por aí. Em 2018, a homenagem foi do Brigham and Women’s Hospital com o Heritage Key Award. Além disso, a Partners Healthcare saudou os Hale’s com o Jack Connors Philanthropic Leadership Award, como o perfil profissional detalha.

No ano de 2019, The Chronicle of Philanthropy listou o empresário como um dos 15 filantropos mais generosos da América. A Granite também foi enaltecida, em 2019, como a empresa mais beneficente de Massachusetts.

Hale foi reconhecido por diversas organizações e publicações como um empreendedor líder. Entre elas, pelo Boston Business Journal – Power 50, que saúda as 50 pessoas mais poderosas de Boston. Ele também recebeu o Ernst e o Prêmio Jovem Empreendedor e foi saudado como uma das 25 pessoas mais influentes nas telecomunicações americanas várias vezes.

Conforme seu perfil na rede social, ele também é dono da FoxRock Properties, uma imobiliária sediada em Boston. Ele fundou a Copley Equity Partners, uma empresa de private equity que investe em pequenas e médias organizações com perspectivas de crescimento significativas.

Neste ano, como detalha a Forbes, ele assinou cheques de dezenas de milhões de dólares para instituições proeminentes. Em entrevista ao The Patriot Ledger, o bilionário pontua que todas as organizações “são ótimas, causam impacto na comunidade, mas são bem pequenas”.

O objetivo é que até o fim de 2022 sejam doados US$ 52 milhões para, ao menos, 52 grupos. O The Patriot Ledger salienta que os valores são destinados a organizações de violência doméstica, câncer infantil, cuidados paliativos, entre outros.

Em entrevista ao portal, Hale disse que as organizações devem ser capazes de investir US$ 1 milhão e retirar pelo menos 5% de volta – US$ 50.000 – por ano. “Isso lhes dará um futuro mais estável e a capacidade de dizer: ‘ok, sabemos de onde vem o dinheiro e podemos nos concentrar em fazer um ótimo trabalho'”.

Mais sobre a Granite
Hale é cofundador da empresa Granite Telecommunications, sediada em Quincy, Massachusetts. Fundada em 2002, emprega mais de 2.500 pessoas. De acordo com LinkedIn do empresário, por meio da indústria são fornecidos produtos e serviços de comunicação de voz e dados para mais de dois terços da Fortune 100, incluindo 18 dos 20 maiores varejistas dos Estados Unidos.

Empresa de capital fechado, gerou mais de US$ 1,6 bilhão em vendas no ano passado e não tem dívidas a longo prazo, como detalha a Forbes. Em expansão, em 2019, foi eleita a empresa mais filantrópica de Massachusetts, depois de doar US$ 25 milhões para organizações comunitárias, incluindo o Boston Children’s Hospital e o Dana-Farber Cancer Institute.

As informações UOL – The Fortune – e Forbes

Leia também

Biden avalia reviver restrições de imigração da era Trump, dizem autoridades dos EUA

REUTERS – O governo do presidente norte-americano, Joe Biden, dificultará a solicita…