Home Biden Fauci deixará de ser principal assessor médico do governo Biden
Biden - Mundo - Saúde - 08/22/2022

Fauci deixará de ser principal assessor médico do governo Biden

REUTERS – O Dr. Anthony Fauci, diretor de longa data do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID) e principal conselheiro médico do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deixará o cargo em dezembro após mais de 50 anos de serviço no governo norte-americano.

Fauci, de 81 anos, é diretor do NIAID desde 1984 e, em 2020, tornou-se o rosto dos esforços do governo dos EUA para conter a pandemia de Covid-19.

“Embora eu esteja deixando minhas posições atuais, não estou me aposentando”, disse Fauci nesta segunda-feira. “Depois de mais de 50 anos de serviço governamental, pretendo seguir a próxima fase da minha carreira enquanto ainda tenho muita energia e paixão.”

Fauci atuou sob sete presidentes dos EUA, começando com Ronald Reagan, em ameaças de doenças infecciosas, incluindo HIV/Aids, Ebola e Zika.

No mês passado, o especialista em doenças infecciosas disse à Reuters que planejava se aposentar até o final do primeiro mandato de Biden, mas poderia acontecer muito antes disso.

“Sei que o povo americano e o mundo inteiro continuarão se beneficiando da experiência do Dr. Fauci em tudo o que ele fizer a seguir”, disse Biden em comunicado. “Os Estados Unidos da América são mais fortes, mais resistentes e mais saudáveis ​​por causa dele.”

Fauci também deixará o cargo de chefe do Laboratório de Imunorregulação do NIAID.

Leia também

Brasil vence Suíça e garante vaga nas oitavas da Copa do Mundo

Da Redação – O Brasil venceu a Suíça por 1 a 0 e garantiu vaga nas oitavas de final …