Home Biden FEMA diz que socorro às vítimas do furacão Ian não é baseado em critérios raciais ou sociais como sugeriu Kamala
Biden - EUA - Local - Massacre - Mundo - Política - 10/03/2022

FEMA diz que socorro às vítimas do furacão Ian não é baseado em critérios raciais ou sociais como sugeriu Kamala

JSNEWS – O chefe da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências dos Estados Unidos (FEMA) disse que “apoiará todas as comunidades” após uma observação da vice-presidente Kamala Harris de que: “São as nossas comunidades de menor renda e as comunidades de cor que são mais impactadas por essas condições extremas e por outras questões. Então temos que lidar com isso de uma forma que seja sobre distribuir os recursos baseados na política da equidade, entendendo que lutamos pela igualdade, mas também precisamos lutar pela equidade, entendendo que nem todos começam no mesmo lugar.”

Ela acrescentou: “E se queremos que as pessoas estejam em um lugar igual, às vezes temos que levar em conta essas disparidades e fazer esse trabalho.” 

A fala da Vice-Presidente foi feita um dia após o furacão Ian devastar a Flórida.

Porém a diretora da FEMA, Deanne Criswell, foi questionada sobre os comentários de Kamala durante uma entrevista à CBS News no domingo. “Vamos apoiar todas as comunidades”, disse Criswell. “Eu assumi esse compromisso com o governador [da Flórida] e com os residentes da Florida, todos vão ser capazes de obter a ajuda que está disponível para eles através de nossos programas.”

Ela acrescentou: “Uma das coisas que eu conheci e experimentei durante o atendimento a outros desastres é que há pessoas que muitas vezes têm dificuldade em acessar nossos programas.”

Christina Pushaw, uma porta-voz do governador da Flórida, Ron DeSantis, disse que o comentário de Harris não foi útil e está causando pânico entre as vítimas de Ian e deixou muitos perplexos.

O comentário de Harris “é falso”, escreveu Pushaw no Twitter e acrescentando que está “causando pânico e perplexidade e deve ser esclarecido. A Assistência da FEMA já está disponível para os afetados pelo furacão Ian no estado da Florida independentemente da raça, antecedentes ou gênero como disse a vice-presidente. Se precisar de ajuda, visite disasterassistance.gov ou ligue para 1-800-621-3362″.

Também pelo Twitter o CEO da Tesla, Elon Musk, disse que a ajuda “deve ser de acordo com a necessidade e não de raça ou qualquer outro critério”, escreveu.

A porta-voz do governador também pediu, pelo Twitter, que Kamala corrigisse a informação em um outro.

Cerca de 850.000 casas e empresas ainda estavam sem eletricidade até esse domingo,02. Pelo menos 54 mortes foram confirmadas: 47 na Flórida, quatro na Carolina do Norte e três em Cuba.
A tempestade enfraquecida seguiu para o norte, o FEMA alertou para riscos de enchentes nos estados da Virgínia, Virgínia Ocidental, Maryland e sul da Pensilvânia.

 

Leia também

Brasil perde para Camarões e encara Coreia nas oitavas

Da Redação – A formação reserva do Brasil até finalizou, mas teve raríssimas chances…