Home Brasil Lula disse que ato de apoio a Bolsonaro no 7 de setembro “parecia reunião da Ku Klux Klan”
Brasil - Mundo - Política - 09/09/2022

Lula disse que ato de apoio a Bolsonaro no 7 de setembro “parecia reunião da Ku Klux Klan”

Petista citou organização racista dos EUA ao afirmar que "não tinha pardo, pobre nem trabalhador" nas manifestações no 7 de Setembro

Da Redação – O candidato à Presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou na noite dessa quinta-feira (08/09) um ato político que correu no feriado de 7 de setembro e que contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Lula disse que aqueles que saíram às ruas no dia da Independência do Brasil para demonstrar apoio ao atual presidente pareceriam membros Ku Klux Klan, um movimento que prega a supremacia racial branca originário nos estados do sul dos Estados Unidos.

“No ato do Bolsonaro, parecia uma reunião da Ku Klux Klan, só faltou o capuz, porque não tinha negro, não tinha pardo, não tinha pobre, não tinha trabalhador. O artista principal era o velho da Havan, que aparecia como se fosse o Louro José participando ativamente da campanha do Bolsonaro”, afirmou Lula, em comício na cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

Durante a manhã da última quarta, Bolsonaro participou do desfile militar em Brasília, o ato marcou o bicentenário da Independência do Brasil, e em seguida falou a milhares de apoiadores na Esplanada dos Ministérios, em tom de campanha. Já na parte da tarde, o atual presidente e candidato à reeleição esteve em uma manifestação de apio a sua reeleição no Rio de Janeiro.

Confira:

Leia também

Brasil vence Suíça e garante vaga nas oitavas da Copa do Mundo

Da Redação – O Brasil venceu a Suíça por 1 a 0 e garantiu vaga nas oitavas de final …