Home Brasil Passageiro quebra poltronas de avião em voo entre São Paulo e Recife e é contido por tripulantes
Brasil - Mundo - Policial - 08/16/2022

Passageiro quebra poltronas de avião em voo entre São Paulo e Recife e é contido por tripulantes

Outros passageiros afirmaram que o homem estava desacordado e que a tripulação suspeitou que ele estivesse desmaiado. Por isso, com o auxílio de um médico, foi aplicada glicose na veia do passageiro, que acordou agitado e começou a quebrar as poltronas do avião.

FOLHAPRESS – Um passageiro quebrou as poltronas do avião em um voo que saiu de São Paulo e aterrissou no Recife, no domingo (14) no voo 1556, e precisou ser contido pela tripulação da aeronave e pela Polícia Federal (PF). Imagens publicadas nas redes sociais mostram o homem chutando violentamente as cadeiras.

Por meio de nota, a Gol Linhas Aéreas, que operou o voo em que aconteceu o episódio, afirmou que o homem “foi contido pela tripulação”.

A Polícia Federal foi acionada para acompanhar o desembarque do homem pela porta traseira. “Todas as ações e procedimentos adotados pela companhia foram tomados com foco na segurança dos comissários e clientes”, disse a Gol.

Assim que parte das peças se solta, um comissário da Gol tira o objeto metálico da mão do passageiro. Um segundo vídeo mostra a chegada e a ação dos policiais federais. Outros passageiros gritam e xingam o homem.

Outros passageiros afirmaram que o homem estava desacordado e que a tripulação suspeitou que ele estivesse desmaiado.

Por isso, com o auxílio de um médico, foi aplicada glicose na veia do passageiro, que acordou agitado e começou a quebrar as poltronas do avião.

Por meio de nota, a PF informou que o homem é um ambulante de 34 anos e confirmou a aplicação da glicose. A polícia disse que, meia hora antes da aterrissagem no Recife, o homem começou a ficar desorientado e com sinais de náuseas.

“Foi solicitado apoio de um passageiro médico que, ao fazer uma aplicação de glicose, o conduzido passou a agredir fisicamente e verbalmente a tripulação e os passageiros, quebrando a poltrona e a mesa de apoio”, explicou a PF.

Na bagagem do passageiro, foi encontrada uma garrafa plástica com o resto de uma “substância transparente semelhante à cachaça”. O piloto entrou em contato com a Polícia Federal para auxílio no desembarque compulsório do passageiro. “O ambulante foi levado até a sede da Polícia Federal e estava bastante alterado, cuspindo nas pessoas, chutando mesas”, completou a corporação na nota.

O passageiro terminou preso e autuado em flagrante por crime de “dano qualificado e expor a perigo aeronave e impedir ou dificultar navegação aérea”, previsto no Código Penal. Ele passou por audiência de custódia e foi liberado para responder ao processo em liberdade.

Leia também

Assassino que matou 4 pessoas e baleou 12 recebe sentença de até 3 anos

Da Redação – O atirador que invadiu duas escolas em Aracruz, Espírito Santo, vai cum…