Home Biden Senador diz que moratória no pagamento dos empréstimos estudantis é um insulto aos americanos que pagam suas dívidas
Biden - Mundo - 04/07/2022

Senador diz que moratória no pagamento dos empréstimos estudantis é um insulto aos americanos que pagam suas dívidas

JSNEWS – O senador Tom Cotton (R-Ark) criticou a administração Biden depois que surgiram relatos de que o governo iria anunciar uma nova extensão da moratória do empréstimo estudantil, ao que ele chamou de “um insulto aos americanos que pagam suas dívidas”.

“A moratória perpétua do pagamento de empréstimos estudantis do presidente Biden é um insulto a todos os americanos que pagaram dívidas de forma responsável”, escreveu Cotton em um tweet nessa terça-feira. “Não há almoço grátis: esse movimento imprudente coloca os contribuintes no gancho por bilhões.”

Biden prorrogou nessa quarta-feira,06,  o congelamento do empréstimo estudantil e pagamentos de juros até 31 de agosto; que tinha sido programado para expirar em 1º de maio, essa é a sexta extensão da pausa que começou em março de 2020. A pausa do empréstimo estudantil foi implementada pela primeira vez em um esforço para fornecer alívio aos americanos que tinham dificuldades em fazer seus  pagamentos.

Alguns pediram a Biden para estender a moratória até depois das eleições de meio de mandato e grande parte do partido democrata advoga o cancelamento total dos empréstimos estudantis pelo governo Federal.

O líder da maioria no Senado, Charles Schumer (D-N.Y.) e a senadora Elizabeth Warren (D-Mass.) estão entre aqueles do Partido Democrata que pressionam o governo Biden a apagar US$ 50.000 por tomador dos empréstimos estudantis, Biden propôs pagar até US$ 10.000 durante sua campanha, mas não endossou a ideia de fazê-lo permanentemente.

O Departamento de Educação disse que a pausa do empréstimo estudantil custou ao governo federal mais de US$ 100 bilhões. De acordo com os republicanos do Comitê de Orçamento da Câmara, o programa custa cerca de US$ 4,3 bilhões por mês.

Os democratas argumentam que se o governo Biden assumisse a divida ou pelo menos parte dela, isso beneficiaria milhões de americanos que, juntos, devem US$ 1,6 trilhão ao governo federal.

 

Leia também

Presidente do Peru tenta golpe de Estado e é preso

BBC NEWS BRASIL – Tudo aconteceu depois que Castillo fez o anúncio inesperado –…