Home Mundo Ucrânia recusa sistema de alertas de Israel e reitera pedido por defesa contra drones
Mundo - 10/19/2022

Ucrânia recusa sistema de alertas de Israel e reitera pedido por defesa contra drones

A proposta veio após Kiev solicitar meios para rebater a utilização de drones iranianos pela Rússia, e sinaliza amansamento da política de não intervenção na guerra, adotada por Jerusalém até essa altura do conflito.

FOLHAPRESS – Israel ofereceu ajuda à Ucrânia nesta quarta-feira (19) para desenvolver um sistema de alerta de ataques aéreos para civis.

A proposta veio após Kiev solicitar meios para rebater a utilização de drones iranianos pela Rússia, e sinaliza amansamento da política de não intervenção na guerra, adotada por Jerusalém até essa altura do conflito.

A chancelaria ucraniana pedia por um sistema capaz de derrubar drones inimigos, e não apenas uma rede de alertas. Benny Gantz, ministro da Defesa israelense, porém, reafirmou a intenção de não fornecer armamentos à Ucrânia.

Apesar de ter condenado a invasão pela Rússia, Israel apoiou Kiev somente com assistência humanitária. A justificativa é a pretensão de Jerusalém em continuar a cooperação com Moscou no território da vizinha Síria, e assegurar o bem-estar de russos judeus.

Leia também

Fóssil: embaixador da UE critica postura de Lula com Venezuela, Cuba e Nicarágua

O embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, criticou nesse domingo, 05, a po…