Home Celebridades Crônicas do dia a dia – Meu primeiro beijo
Celebridades - Comunidade - Cultura - Local - 3 semanas atrás

Crônicas do dia a dia – Meu primeiro beijo

Edel Holz – Eu tinha 14 anos, nunca havia me maquiado, usado salto alto, ido à uma boite… E de repente, lá estava eu no Kuka Fresca, noite do cowboy, com um baita chapéu na cabeça.
Havia me mudado pra Passos recentemente e poucos gatos me conheciam.

Foi quando Chiquinho Brandão, de olhos verdes e cabelo enroladinho clarinho, me chamou pra dançar. Ele me beijou, eu nem sabia como mexer a língua dentro da boca dele e fiquei ali, congelada, catatônica, parada no meio da pista de dança, sem reação.

Ficamos juntos muitas vezes, aprendi a beijar e ele se casou com outra, eu com o Fofo e o vi na última vez que fui ao Brasil.

Ele disse pra Sophia: Eu namorei sua mãe.
Ele é fazendeiro, a mulher dele só fica em casa, não viaja, nem conhece sequer outro país.
Prefiro a minha vida. Que bom que nem sempre nos casamos com o primeiro namorado! Mas o primeiro beijo a gente nunca esquece!


SOBRE A COLUNISTA – Edel Holz é a mais premiada e consagrada atriz, roteirista, diretora e produtora teatral brasileira nos Estados Unidos. Inquieta e de mente profícua, Edel tem sempre um projeto cultural engatilhado para oferecer para a comunidade brasileira. Depois de anos de ausência, Edel volta a abrilhantar as páginas de um jornal. Damos as boas-vindas à poderosa e de mente efervescente Edel.

Leia também

Quase mil crianças imigrantes seguem separadas dos pais nos Estados Unidos

AFP – Um total de 998 crianças imigrantes separadas de suas famílias durante o manda…