Home Esportes Brasil perde para Camarões e encara Coreia nas oitavas
Esportes - 12/02/2022

Brasil perde para Camarões e encara Coreia nas oitavas

Da Redação – A formação reserva do Brasil até finalizou, mas teve raríssimas chances claras contra a Seleção Camaronesa nesta sexta-feira (2). Nos acréscimos, foi punida com uma cabeçada certeira do atacante Aboubakar, que tornou este 2 de dezembro de 2022 histórico para Camarões. No fim, a Seleção Brasileira perdeu por 1 a 0 no Estádio Icônico de Lusail, pela terceira rodada do Grupo G da Copa do Mundo. Apesar do tropeço, termina como líder da chave, com seis pontos, e enfrentará a Coreia do Sul nas oitavas de final.

Os sul-coreanos foram os vice-líderes do Grupo H. As seleções se enfrentam já na segunda-feira (5), às 12h (de Brasília), no Estádio 974, em Doha.

Outra classificada da chave, a Suíça venceu a Sérvia por 3 a 2 e chegou aos seis pontos – Brasil liderou por conta do saldo de gols: 2 a 1. Os suíços enfrentarão nas oitavas a Seleção Portuguesa, líder do Grupo H, terça, às 16h, em Lusail.

Camarões (quatro pontos) e Sérvia (um) completam o grupo e estão eliminados.

De olho nas oitavas de final, o técnico Tite optou por preservar os titulares e mandou a campo uma formação totalmente reserva. Mesmo assim, o domínio das ações ofensivas foi todo brasileiro.

Antony, Rodrygo e Gabriel Martinelli foram as opções mais incisivas no ataque. Com a bola a maior parte do tempo, o time finalizou dez vezes na primeira etapa. O problema é que só três foram em direção ao gol, todas defendidas pelo goleiro Epassy.

Defensivamente, a maior preocupação do Brasil eram os contragolpes de Camarões, que apostava em saídas rápidas nas costas dos laterais. A estratégia camaronesa só levou perigo ao gol adversário aos 47 minutos, quando Mbeumo cabeceou e exigiu defesaça de Ederson.

Foi a primeira finalização no alvo de um rival do Brasil na Copa do Mundo. Foram necessários 243 minutos de futebol: 98 na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, 98 no 1 a 0 diante da Suíça e mais os 47 nesta sexta.

O segundo tempo começou com uma má notícia para a Seleção. Alex Telles reclamou de dores e foi substituído por Marquinhos. É mais um problema para a lateral esquerda brasileira – o titular Alex Sandro está em recuperação de lesão no quadril.

Aos poucos, o volume de jogo do Brasil aumentou. Militão, Martinelli e Antony exigiram boas defesas de Epassy. Tite começou a buscar alternativas ofensivas com a dupla de flamenguistas Pedro e Everton Ribeiro.

As trocas não deram muito certo. As chances rarearam e, no fim, Aboubakar decretou, de cabeça, a primeira vitória africana contra o Brasil em Copas do Mundo. Na comemoração, foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo por tirar a camisa. Mas pouco importava.

CAMARÕES 1 X 0 BRASIL

Camarões
Epassy; Fai, Wooh, Ebosse e Tolo; Anguissa, Kunde (Ntcham, aos 23′ do 2ºT), Mbeumo (Toko Ekambi, aos 19′ do 2ºT) e Moumi Ngamaleu (Ngom, aos 41′ do 2ºT); Aboubakar e Choupo-Moting
Técnico: Rigobert Song

Brasil
Ederson; Daniel Alves, Éder Militão, Bremer e Alex Telles (Marquinhos, aos 9′ do 2ºT); Fabinho, Fred (Bruno Guimarães, aos 9′ do 2ºT) e Rodrygo (Everton Ribeiro, aos 9′ do 2ºT); Antony (Raphinha, aos 34′ do 2ºT), Gabriel Martinelli e Gabriel Jesus (Pedro, aos 19′ do 2ºT)
Técnico: Tite

Gol: Aboubakar, aos 48’ do 2ºT (CAM)

Cartões amarelos: Tolo, aos 6′, Kunde, aos 28′, Fai, aos 32′ do 1ºT, e Aboubakar, aos 36′ do 2ºT (CAM); Éder Militão, aos 7′ do 1ºT, e Bruno Guimarães, aos 40′ do 2ºT (BRA)
Cartão vermelho: Aboubakar, aos 48’ do 2ºT (CAM)

Público: 85.986 torcedores

Árbitro: Ismail Elfath (EUA)
Assistentes: Kyle Atkins (EUA) e Corey Parker (EUA)
VAR: Alejandro Hernández (Espanha)

Leia também

Fóssil: embaixador da UE critica postura de Lula com Venezuela, Cuba e Nicarágua

O embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, criticou nesse domingo, 05, a po…