Home Brasil A Black Friday deste ano nos USA superou as vendas online de 2021
Brasil - Curiosidades - Economia - EUA - Local - 11/28/2022

A Black Friday deste ano nos USA superou as vendas online de 2021

Já no Brasil o faturamento dessa Black Friday caiu 28% e e-commerce teve seu pior desempenho

JSEWS – Este ano as vendas da Black Friday nos EUA superaram o recorde de US $ 9,12 bilhões, informou a Adobe Analytics que estimou que vendas da Black Friday foram 2,3% maiores em relação ao ano anterior. Os eletrodomésticos programáveis, brinquedos e máquinas de exercícios foram os itens mais procurados. Sendo esse é um começo sólido para a temporada de compras de fim de ano em meio à alta da inflação e outras preocupações econômicas, estima a Adobe.

Já as vendas online de eletrônicos aumentaram 221% na sexta-feira, 25, em comparação com um dia médio de outubro de 2022, os mais vendidos ON Line foram os Apple MacBooks e relógios, diz a Adobe.
Outros itens populares incluem drones, Xbox Series X e jogos como FIFA 23 e Pokémon Scarlet e Violet.

Ainda se espera que as compras tradicionais em lojas físicas representem a maior parte dos gastos de varejo no feriado, com a National Retail Federation (NRF) esperando que 67% dos compradores da Black Friday tenham ido às lojas.

Espera-se que mais de 166 milhões de americanos façam compras pessoalmente ou online nos cinco dias do Dia de Ação de Graças até a Cyber Monday, de acordo com a previsão mais alta da NRF desde que começou a rastrear dados em 2017.

Brasil: Faturamento na Black Friday cai 28% e e-commerce tem pior desempenho

A Black Friday no Brasil não conseguiu decolar este ano. Na última sexta-feira, 25, o varejo virtual registrou uma queda de 28% no seu faturamento em comparação ao mesmo período de 2021, quando o setor já havia caído 1%, conforme dados da Neotrust.

Com pouco mais de R$ 3,1 bilhões em vendas, este é o pior resultado para a data de promoções no País desde que foi importada dos Estados Unidos e implementada no calendário do varejo nacional.

Além do faturamento global, outros aspectos colaboraram para a queda nos números da Black Friday este ano.

Segundo o levantamento da Neotrust, em comparação ao ano anterior, o e-commerce no País também registrou queda no valor do tíquete médio de compras (-5,9%), no preço médio (-17%), no número de pedidos (-23%) e na quantidade de produtos vendidos (-13,5%).

O estudo ainda apontou uma mudança no perfil de compras do consumidor este ano. Um dos itens mais desejados pelos consumidores que aguardam pelos descontos da Black Friday, os aparelhos celulares perderam 4,6% de participação no faturamento do e-commerce, enquanto itens de alimentação e bebidas subiram no ranking e chegaram ao quarto lugar em quantidade de pedidos nesta Black Friday.

Com o desempenho fora do esperado para a principal data, o rescaldo das promoções no sábado também não engatou no País. Isso porque as vendas no primeiro dia do final de semana registraram uma queda de 4,3% em comparação a 2021.

Mesmo assim, na avaliação da Neotrust, o pós-Black Friday garantiu o posto de melhor dia de vendas, em termos de variação de faturamento sobre o ano anterior.

 

Leia também

Quase mil crianças imigrantes seguem separadas dos pais nos Estados Unidos

AFP – Um total de 998 crianças imigrantes separadas de suas famílias durante o manda…