Home Comunidade Crônica do dia a adia – O Brazuca nos States
Comunidade - Cultura - EUA - Imigração - Local - 09/23/2022

Crônica do dia a adia – O Brazuca nos States

Uma coisa é igual à antigamente e nunca muda: a ilegalidade dói na alma

Edel Holz – O perfil dos brasileiros que hoje vivem nos EUA mudou.
Tem a geração Nutella que aqui chega e não quer pegar no pesado, reclama de tudo, mas não larga o osso.
Tem as adolescentes que fazem de tudo pra irem na noite do DJ Fofāo, na Favela Encantada, em Boston e aprontam o maior auê. Falsificam ID pra entrarem na boite, dizem que vão dormir na casa da “miga”, balançam o bumbum a noite inteira e de repente aparecem com barriga, largando os Estudos.

Tem gente decidida a comprar sua carta de alforria a todo custo. Pra isso, topam casar com homem ou mulher e desembolsar uma nota pra alcançarem a liberdade.

Uma coisa é igual à antigamente e nunca muda: a ilegalidade dói na alma. A saudade dos que deixamos e a dúvida em sabermos se iremos reencontrá-los ou não. Mas no início deste século, a gente ligava com cartão telefônico, hoje vemos a família inteira do outro lado da tela, festejamos com eles e expressamos nosso amor. Um amor que só aumenta…


SOBRE A COLUNISTA
Edel Holz é a mais premiada e consagrada atriz, roteirista, diretora e produtora teatral brasileira nos Estados Unidos. Inquieta e de mente profícua, Edel tem sempre um projeto cultural engatilhado para oferecer para a comunidade brasileira. Depois de anos de ausência, Edel volta a abrilhantar as páginas de um jornal.
Damos as boas vindas à poderosa e de mente efervescente Edel.

Leia também

SOS da Vida – Paz interior III

Por: Eliana Pereira Ignacio – Olá, meus caros leitores hoje venho encerrar nossa min…