Home Biden Elon Musk propõe plano para acabar com a guerra e desencadeia avalanche de críticas da Ucrânia e elogios da Rússia

Elon Musk propõe plano para acabar com a guerra e desencadeia avalanche de críticas da Ucrânia e elogios da Rússia

Da Redação – O bilionário Elon Musk conseguiu adicionar mais uma polêmica a seu já extenso currículo de posts controversos ao publicar no Twitter, nesta segunda-feira (3), um esboço de “plano de paz” para a Ucrânia:

A paz de Musk para pôr fim ao conflito inclui:

  • Refazer eleições de regiões anexadas sob supervisão da ONU. A Rússia sai se essa for a vontade do povo.
  • Crimeia formalmente parte da Rússia, como tem sido desde 1783 (até o erro de Khrushchev).
  • Abastecimento de água à Crimeia assegurado.
  • A Ucrânia permanece neutra.

A proposta foi apresentada em forma de enquete para os internautas opinarem, mas houve reações apaixonadas, como a do embaixador ucraniano na Alemanha, Andrij Melnyk.

“Cai fora é minha mensagem muito diplomática para você, @Elon Musk”, escreveu. “O único resultado é agora os ucranianos NUNCA vão comprar a p…a dos lixos da Tesla”, completou.

Outros usuários aconselharam Musk a não opinar sobre assuntos que desconhece.

O empresário já havia chamado atenção recentemente por propor no Twitter que ele e Vladimir Putin resolvessem a questão da Ucrânia num duelo “um a um”.

O plano de paz de Musk faz referência à recente anexação de territórios ucranianos pela Rússia, passando por cima da lei internacional, algo que Kiev considera inegociável. Além disso, o bilionário sugere que a Ucrânia desista definitivamente da Crimeia, região anexada pelos russos em 2014. Para tal, ele se baseia no fato de que essa região foi transferia da Rússia para a Ucrânia quando ambos os países integravam a União Soviética, em 1954.

O Kremlin elogiou Elon Musk por sugerir um possível acordo de paz para acabar com a guerra na Ucrânia.

 “É muito positivo que alguém como Elon Musk esteja procurando uma saída pacífica para essa situação”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres em uma teleconferência. “Comparado a muitos diplomatas profissionais, Musk ainda está procurando maneiras de alcançar a paz. E alcançar a paz sem cumprir as condições da Rússia é absolutamente impossível”, acrescentou Peskov.

Leia também

Brasil perde para Camarões e encara Coreia nas oitavas

Da Redação – A formação reserva do Brasil até finalizou, mas teve raríssimas chances…