Home Local O verdadeiro sentido do Natal
Local - Religião - Saúde - 12/23/2022

O verdadeiro sentido do Natal

Por: Eliana Pereira Ignacio – Olá, meus caros leitores, chegou o Natal, em todo o período natalino somos tocados por mensagens que nos motivam a dar melhores rumos aos nossos passos; são mensagens nos lembrando, invariavelmente, a importância do amor em todas suas manifestações: dos pais para com os filhos, dos filhos para com os pais, dos casais, dos enamorados e dos seres humanos em geral.

É um momento especial de nossas vidas, no qual vivemos a oportunidade de congraçarmos com as pessoas com as quais cruzamos, sejam nossos parentes, nossos amigos, nossos companheiros de trabalho ou quem nos presta ou aos quais prestamos serviços.

Mas também passou a ser uma época em que para muitas famílias também será um Natal de saudade e de lembranças das pessoas que partiram em função da pandemia ou por outras questões. Na verdade, tudo aquilo que soava natural para todos nós parece ter ganhado outro valor depois desse afastamento involuntário que fomos obrigados a cumprir em função da pandemia.

E não queremos perder nada, não é mesmo? Do tradicional amigo oculto aos preparativos da ceia de Natal, tudo parece ter um novo sentido para muitos de nós.

Redescobrimos a importância de valorizar ainda mais as pessoas que amamos. Até mesmo aqueles “rituais” que eram criticados por alguns e feitos de forma automática voltaram a ter valor. Apesar das novas variantes que insistem em nos assus tar a todo momento, experimentamos uma fase de respiro com os índices de contágio cada vez mais baixos. É hora de viver e de demonstrar os nossos sentimentos mais verdadeiros por aqueles que amamos.

Lembrarmos do verdadeiro significado do Natal, muitas vezes esquecido, que é o nascimento de Jesus Cristo e sua comemoração acontece, há mais de 1600 anos, no dia 25 de dezembro, conforme estipulou, no ano de 350, o Papa Júlio I.

Hoje venho transcrever, para meditação, o texto abaixo, de autoria do Papa Francisco: “O Natal costuma ser sempre uma ruidosa festa; entretanto se faz necessário o silêncio, para que se consiga ouvir a voz do Amor.
Natal é você, quando se dispõe, todos os dias, a renascer e deixar que Deus penetre em sua alma.
O pinheiro de Natal é você, quando com sua força, resiste aos ventos e dificuldades da vida.
Você é a decoração de Natal, quando suas virtudes são cores que enfeitam sua vida.
Você é o sino de Natal, quando chama, congrega, reúne.
A luz de Natal é você quando com uma vida de bondade, paciência, alegria e generosidade consegue ser luz a iluminar o caminho dos outros. Você é o anjo do Natal quando consegue entoar e cantar sua mensagem de paz, justiça e de amor.
A estrela-guia do Natal é você, quando consegue levar alguém, ao encontro do Senhor.
Você será os Reis Magos quando conseguir dar, de presente, o melhor de si, indistintamente, a todos.
A música de Natal é você, quando consegue também sua harmonia interior.
O presente de Natal é você, quando consegue comportar-se como verdadeiro amigo e irmão de qualquer ser humano.
O cartão de Natal é você, quando a bondade está escrita no gesto de amor de suas mãos. Você será os ´’votos de Feliz Natal’ quando perdoar, restabelecendo de novo a paz, mesmo a custo de seu próprio sacrifício.
A ceia de Natal é você, quando sacia de pão e esperança, qualquer carente ao seu lado”.

Papa Francisco

O Natal, enfim, somos eu, você e todos que acreditamos no aniversariante do próximo dia 25; Aquele que deu sua vida para a humanidade e sempre praticou sua pregação; o filho de Deus vindo à terra para redimi-la de seus pecados e de seus erros. Cabe-nos louvá-lo, amá-lo e proclamar, ainda uma vez, aquela frase tão difundida: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade”.

De boa vontade e de amor ao próximo, o mundo e as pessoas estão carentes. Daí a importância de levarmos para o nosso cotidiano, em meio às dificuldades inerentes, o espírito de Natal.

Do Natal todo dia. Por isso o Senhor mesmo dará a vocês um sinal: a virgem fica rá grávida, dará à luz um filho e o chamará Emanuel. Isaías 7:14

Feliz Natal !!!

 


Eliana Pereira Ignacio é psicóloga, formada pela PUC – Pontifícia Universidade Católica – com ênfase em Intervenções Psicossociais e Psicoterapêuticas no Campo da Saúde e na Área Jurídica; especializada em Dependência Química pela UNIFESP Escola Paulista de Medicina em São Paulo Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas, entre outras qualificações. Mora em Massachusetts e dá aula na Dardah University. Para interagir com Eliana envie e ume-mail para epignacio_vo@hotmail.com ou info@jornaldossportsusa.com

Leia também

Quase mil crianças imigrantes seguem separadas dos pais nos Estados Unidos

AFP – Um total de 998 crianças imigrantes separadas de suas famílias durante o manda…