Home Brasil Bolsonaro volta chamar Lula de ‘ladrão’ e diz que petista não foi absolvido
Brasil - Política - 10/06/2022

Bolsonaro volta chamar Lula de ‘ladrão’ e diz que petista não foi absolvido

Presidente voltou a acusar Lula de corrupção e disse que o candidato pelo PT não foi absolvido nos processos judiciais do escândalo da Lava-jato

ESTADO – O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu adversário no 2º turno das eleições, o chamando de ladrão e o acusando de “falsa absolvição”. Nas redes sociais, o presidente disse que Lula enrolou “o povo enquanto seu governo roubava”. A declaração foi dada na manhã desta quinta-feira (6/10).
Com a disputa polarizada entre o petista e o atual mandatário, Bolsonaro tem reforçado os processos judiciais que apuravam os escândalos de corrupção na operação Lava-Jato em que Lula foi absolvido.

Em uma de suas lives, transmitida ontem (5/10), o presidente disse que Lula só foi absolvido porque o julgamento pelo ex-juiz federal Sergio Moro (União) foi considerado parcial e devido a tramitação dos processos no lugar errado.

Na manhã dessa quinta-feira,06, Bolsonaro voltou a acusar o petista de estar envolvido nos esquemas de corrupção e alegou que “malandragem de Lula serviu para enrolar o povo enquanto seu governo o roubava”.

Bolsonaro diz que Lula foi absolvido e se corrige: ‘Foi descondenado’

“A malandragem de Lula serviu para enrolar o povo enquanto seu governo o roubava e para enganá-lo sobre a falsa absolvição de seus crimes; nossa firmeza serviu para irmos até a Rússia em meio a uma chuva de críticas negociar fertilizantes e garantir nossa segurança alimentar”, escreveu o presidente Jair Bolsonaro.

Leia também

Brasil perde para Camarões e encara Coreia nas oitavas

Da Redação – A formação reserva do Brasil até finalizou, mas teve raríssimas chances…