Home Biden Proposta orçamentária de Biden pede aumento de gastos com as forças policiais
Biden - Novo Normal - Policial - Política - 03/30/2022

Proposta orçamentária de Biden pede aumento de gastos com as forças policiais

Biden tem procurado repetidamente se distanciar da esquerda radical que da suporte ao movimento que apoia o   desfinanciamento das forças policiais, ou mesmo extinção dessas forças, o movimento ganhou força após a morte de George Floyd em Minneapolis em maio de 2020.

JSNEWS – O orçamento proposto pelo presidente Joe Biden para as forças policiais dos Estados Unidos que foi anunciado nesta segunda-feira,28, inclui US$ 17,4 bilhões para as autoridades federais combaterem crimes violentos, US$ 1,7 bilhão acima do nível promulgado em 2021.

Durante seu discurso no Estado da União no inicio deste mês, Biden atraiu apoio de republicanos e democratas quando disse: “Todos devemos concordar: a resposta não é desfinanciar a polícia. A resposta é financiar a polícia.”

As forças policiais, totalizando cerca de 800.000 pessoas em todo o país.

Uma vez que os esforços governistas para aprovar o pacotes de gastos sociais de Biden e a reforma policial propostas pelas alas mais radicais dos democratas fracassaram, e com os republicanos procurando ligar os democratas ao movimento “desfinancie a polícia” (Defund the Police), a proposta de Biden aborda diretamente as criticas dos Republicanos a politica Democrata de segurança pública e apela para “estratégias como o policiamento comunitário” como abordagem, prevenção e repressão do crime.

O orçamento também inclui US$ 1,7 bilhão destinado ao Bureau of Alcohol, Tobacco, Firearms and Explosives (ATF)  para combater o tráfico ilegal de armas; US$ 1,8 bilhão para agencias federais encarregadas de prender fugitivos; 69 milhões de dólares para o FBI apoiar investigações de crimes violentos, incluindo aqueles contra crianças e US$ 72,1 milhões para processar crimes violentos.

Biden tem procurado repetidamente se distanciar da esquerda radical que da suporte ao movimento que apoia o   desfinanciamento das forças policiais, um movimento que ganhou força após a morte de George Floyd em Minneapolis em maio de 2020.

O orçamento anunciado por Biden é uma tentativa tardia para agradar os eleitores democratas mais conservadores ou simplesmente aqueles cidadãos que estão temerosos com a escalada de crimes violentos nas principais cidades americanas.

Como parte dessa mudança de abordagem, Biden visitou a sede do Departamento de Polícia de Nova York em fevereiro, onde se reuniu com o prefeito de NY, Eric Adams (Dem.), um ex-capitão da polícia, logo após dois policiais serem mortos durante uma emboscada ao atenderem uma ocorrência.

Em cidades como Nova York e Los Angeles, uma parte considerável da população atribui a escalada da violência a uma politica de segurança ineficaz no combate e a prevenção da criminalidade, e parece que essas mesmas percepções encontraram eco na Casa Branca.

“A resposta não é desfinanciar a polícia”, disse Biden durante sua visita. “É para dar-lhe as ferramentas, o treinamento, o financiamento para serem parceiros, para serem protetores.”

Leia também

Presidente do Peru tenta golpe de Estado e é preso

BBC NEWS BRASIL – Tudo aconteceu depois que Castillo fez o anúncio inesperado –…