EUA Imigração Policial

Principal suspeito de matar brasileira na Califórnia é encontrado morto no México

Da Redação – Foi encontrado o corpo de Edirlei Ramos Tofoli, 44 anos, ele era o principal suspeito de ter matado a brasileira Elidênia Jorge da Silva.
De acordo com a mídia local, o corpo de Edirlei, que também é brasileiro, foi encontrado no dia 4 deste mês dentro de um carro alugado por ele na cidade mexicana de Tijuana, que fica a mais de 800 quilômetros de Richmond, na Califórnia, onde ele teria, supostamente, matado Elidênia com quem mantinha um relacionamento, ele era natural de Campinas, São Paulo.
As circunstâncias da morte estão sendo investigadas, a suspeita é que ele tenha tirado a própria vida.
Edirlei era procurado pela polícia desde o dia 4 de julho, quando o corpo Elidênia foi encontrada sem vida.

Assassinato
A goiana Elidênia Jorge da Silva morreu com uma facada no pescoço na cidade de Richmond, na Califórnia, nos Estados Unidos. O companheiro dela, Edirlei Ramos Tofoli, passou a ser o principal suspeito do crime.

Edirlei Ramos Tofoli, de 44 anos, era procurado pela polícia, ele teria assassinado Elidênia Jorge da Silva com quem mantinha um relacionamento.
Imagem: Reprodução redes sociais

O corpo de Elidênia  foi encontrado sem vida no 4 deste mês e a suspeita é que ele tenha sido assassinada no dia 2, data em que ela parou de responder às mensagens enviadas por familiares. O corpo dela apresentava sinais de inchaço, conforme relatou Lucas L., sobrinho de Elidênia às autoridades policiais.
De cardo com a imprensa local, Lucas disse que um outro sobrinho de Elidênia precisou arrombar a casa e encontrou o corpo da tia próximo à pia da cozinha.

De acordo com Lucas, familiares teria encontrado uma camiseta suja de sangue que pertencia ao suspeito no quarto da vítima, as roupas de Edirlei não estavam no armário, o que passou ser um considerado um indicativo de fuga.

Deixe um comentário

WordPress Ads